Seguidores

20070914

ARTES DECORATIVAS - LUSTRINA



GUARDA-JÓIAS

Vai precisar de um guarda-jóias em porcelana branca
lustrina nos tons que desejar
Álcool
algodão
Uma palhinha de refresco
diluente sintético
Um conta-gotas


Comece por limpar muito bem a peça com álcool. Em seguida com o conta-gotas coloque uma gota de lustrina, da cores desejadas sobre a peça em sítios alternados. Ponha uma gota de diluente no meio da peça. Com a palhinha sopre sobre a peça em vários sentidos. Vá soprando também o diluente , para se misturar coma lustrina. Deixe secar bem, e leve á mufla para queimar.
Para quem gosta de dourados, pode dar um traço nos pézinhos com ouro líquido. Tenha em atenção que o ouro líquido encarece bastante a peça.
E pronto, divirtam-se

10 comentários:

Osc@r Luiz disse...

Bom dia, querida,
Sua habilidade com as artes manuais é invejável.
Parabéns!
Um beijo!

Sophiamar disse...

Acho muito interessante esta forma de entretenimento.Conheço algumas pessoas que pintam porcelana e que passam horas a fazê-lo.Conseguem fazer peças muito bonitas. Agradeço os teus ensinamentos. Qualquer dia atrevo-me a pintar uma peça .

Beijinhos

Dina disse...

Gostei. Assim que terminar as coisas aqui em casa, que ainda não estão prontas, resolvi fazer alterações grandes a nível do chão e coisas assim, vou começar por experimentar pintar a T-Shirt, neste caso seria melhor já uma para o Inverno porque por este andar termino lá para o Natal.

Poliedro disse...

Simpática Amiga:
Aprendi como confeccionar e decorar uma bela peça bonita, agradável.
Que capacidade artistica possuí para criar com enorme imaginação.
Adorei.
Queria retribuir os votos de excelente fim-de-semana com que tão ternamente me presentiou.
Um bem-Haja pela deslumbrante pessoa que é e transmite com doçura a todos.
Beijos
pena

Nil Brito disse...

Obrigado pela visita, Elvira. Aqueles versos tão lindos são de uma canção maravilhosa, de Antônio Carlos Jobim e Aloysio de Oliveira, chamada Dindi. Aqui vai a letra completa pra você:

Céu, tão grande é o céu
E bando de nuvens que passam ligeiras
Pra onde elas vão
Ah, eu não sei, não sei!

E o vento, que fala nas folhas
Contando as histórias que são de ninguém
Mas, que são minhas e de você também

Ai, Dindi
Se soubesses o bem que eu te quero
O mundo seria, Dindi
Tudo, Dindi
Lindo, Dindi

Ai, Dindi
Se um dia você for embora
Me leva contigo, Dindi
Olha, Dindi
Fica, Dindi

E as águas deste rio
Onde vão, eu não sei!
A minha vida inteira esperei
Esperei...

Por você, Dindi
Que é a coisa mais linda que existe
E você não existe, Dindi
Olha Dindi, adivinha Dindi, deixa Dindi
Que eu te adore, Dindi


abs

nil

Juℓi Ribeiro disse...

Elvira:

Adorei sua postagem.
Considero a pintura em porcelana
uma das artes mais lindas que conheço, principalmente porque quando colocamos a peça no forno,
as vezes tudo muda completamente.
É preciso ter uma habilidade incrível.
Você não utiliza simplesmete tintas e pincéis,
você coloca no seu trabalho
uma coisa valiosa:
O seu próprio coração
e a sua intuição.

Eu pinto telas, trabalho com decoupage, gesso e tudo o que
eu puder transformar com
os meus pincéis.
A porcelana é uma tecnica
(que eu não domino)
Só dominam esta tecnica
pessoas especiais como você.
Eu também adoro escrever
poesias e pensamentos.
Venha me fazer uma visita!
Será uma grande alegria.
Um abraço.

Paulinha disse...

Olá! Uma ideia muito interessante, que vou experimentar fazer e se sair bem, pode ser que faça em série!! beijos

Ninica disse...

´Cá nos deixa mais um trabalhinho que se sair bem até dá um belo presente...o difícil é que saia bem...mas não há nada como tentar!
Beijo

lula disse...

Por acaso conheço bem esta peça e acho muito bonita.
Aliás, como muitas outras que já vi.
Parabéns!

Poções de Arte disse...

Bom dia, Elvira!
Um efeito interessante. O bom dessa técnica é que nunca sabemos o desfecho.
Que seu final de semana seja maravilhoso.
Abração esmagador.