Seguidores

20190628

CAIXA DE MADEIRA COM TAMPA EM ESTANHO

Esta caixa eu fiz em tempos para oferecer à minha irmã num aniversário. Madeira pintada de branco, depois de vermelho e depois lixada para aparecer o branco, dando-lhe um aspeto envelhecido. Depois cobri a tampa com uma placa de estanho trabalho.

20190612

UMA JARRA A PRETO E BRANCO



Uma simples jarra de barro sem graça, ganhou estatuto de vedeta com esta pintura craquelada em preto e branco. Ficou muito bonita e graças ao tipo de pintura e aos tons usados pode enriquecer qualquer canto em qualquer ambiente.



Sem poder voltar às minhas coisas, por causa dos olhos, continuo a mostrar trabalhos já feitos há muito

20190529

O MEU BOLO


Porque algumas amigas me pediram a receita do meu bolo de aniversário aqui vai. E como eu só os faço para a família, com todos os "segredos" para que lhes fique mais ou menos igual.Não vou falar da decoração porque isso cada uma fará o que quiser, segundo a vossa inspiração.


Receita do bolo para o bolo  


6 gemas
6 claras batidas em castelo
2 1/2 chávenas de farinha Branca de Neve 
1 1/2 chávenas de açúcar
1 colher de sopa de essência de baunilha
1 chávena de água
1 colher de café de sal

margarina e farinha de trigo para untar e enfarinhar

Batem-se as gemas com a chávena de água até obter um creme fofo tipo mousse. (dois três minutos). Acrescente o açúcar e continue a bater até incorporar bem o açúcar.
Acrescenta-se aos poucos a farinha, o sal e a essência de baunilha. Tudo batido acrescentam-se as claras em castelo que se envolvem delicadamente sem bater.

Deixe arrefecer.

Entretanto prepare uma calda com 1 chávena de açúcar, 2 chávenas de água, 1 pau de canela, uma casca de limão, 7 cravinhos, e se gostarem do sabor anisado, meia estrela de anis estrelado. Eu não costumo pôr, tenho um familiar que não gosta do sabor.  Ferve em lume brando durante alguns minutos para absorver o sabor das especiarias.
Corta-se o bolo em 3 ou 4 camadas.  Contrariamente à massa do pão de ló, este bolo corta-se bem e não esfarela. Coloca-se a primeira camada de bolo, pincela-se com a calda recheia-se com o creme que se deseja. (Eu tenho sempre um doce caseiro em casa para isso, acho mais saudável, que os cremes pasteleiro, de ovos ou afins, mas cada um pode recheá-lo com o creme que mais gosta.
Repete-se o processo com quantas camadas o bolo tiver.  Depois decora como quiser. Pasta de açúcar, natas, ganache de chocolate ou outras, glacê real, enfim como quiserem e gostarem.

Agora o segredo. Faço sempre o bolo dois dias antes do aniversário, Antes de o rechear, lavo a forma onde foi feito, forro com papel filme, ponho sobre o papel a primeira camada de bolo e procedo como descrevi em cima. Quando o bolo está todo recheado, cubro com o papel filme e meto no frigorífico até ao dia do aniversário. O frio faz entranhar no bolo o sabor das especiarias. Só nesse dia o tiro para o prato e faço a decoração.

1 O papel filme deve ser uma tira que cubra o fundo mas que fique com tamanho suficiente para vir cá acima cobrir o bolo. Porquê? Para que seja fácil manuseá-lo para o prato sem que se desfaça. Depois de estar no prato é só retirar o papel.

2  Este bolo aguenta até oito dias sempre fresco como se fora feito no dia.
3 Quando experimentarem a receita digam-me se gostaram. Vou deixar aqui as fotos de alguns que fiz como sugestão de decoração



































20190503

SOBREMESA DE VERÃO




Para quem quer apresentar uma sobremesa fresca, agora que se aproxima o verão e não quer perder muito tempo, eis aqui uma simples e prática.








1 pudim instantâneo de Morango,

1 pudim instantâneo de caramelo

1 pacotinho de natas batidas

Palitos de la Reine.

Café bem forte.

Molham-se os palitos em café bem forte e coloca-se uma 

camada no recipiente que vai à mesa. Por cima despeja o

 primeiro pudim e deixa arrefecer até prender. Entretanto faz

 o segundo pudim.

Quando o primeiro já está com a consistência desejada, 


põe-se outra camada de palitos molhados no café e deixa de

novo arrefecer. Eu costumo meter no frigorífico para

 solidificar mais depressa. Depois nova camada de palitos

, e por fim as natas batidas com açúcar. Por fim ralam-se

 alguns palitos e espalham-se por cima, fazendo vários 

traçados com um garfo, e enfeitam-se com a fruta de um dos

 sabores. Serve-se bem frio.

Para quem não gosta de natas, pode utilizar um terceiro

 pudim, que fica igualmente bom. Eu aliás gosto mais com 3

 pudins.

Espero que gostem.

20190419

PÁSCOA FELIZ


Votos de uma Santa e Feliz Páscoa, a todos que por aqui passem. Seja, felizes

20190413

MAIS UM ANIVERSÁRIO

Como todos sabem, a minha cirurgia ao olho, correu muito mal, já foi feita outra de "reconstrução" palavra empregue pelo Professor, mas não sei ainda quantas se seguirão, pelo que dos 4 blogues apenas o Sexta está ativo.
Mas como os outros continuam a ser procurados, e para que os leitores não venham  debalde, vou tentar de vez em quando publicar alguma coisa.
No passado dia 5, o maridão comemorou 76 anos. Como sabem eu gosto de fazer bolos de aniversário elaborados e modéstia à parte alguns ficam muito bonitos. Porém desta vez tive que utilizar o plano B, pois não consegui fazer a decoração que desejava. Mas garanto que estava muito bom 


maridão e filho

minha irmã e cunhado
 eu e a neta
 filho e nora
 eu e o filho
 O apagar das velas...
neta, filho, nora, e ainda escondido o Martim ou a Margarida...

20190111

PINTURA EM TELA



Sem nada de novo para apresentar, por ter sido operada a um olho o e estar com problemas de recuperação, além de me encontrar muito constipada e cheia de tosse, este blog fica em stand-by. Até que tenha algo novo deixo-vos com uma das minhas últimas telas.