Seguidores

20090716

NAZARÉ

video


Em tempos de férias a minha sugestão para hoje, é Nazaré, no distrito de Leiria.
Encravado entre o município de Alcobaça, e o oceano Atlântico, Nazaré é uma típica vila de pescadores, com um belo casario que se estende pelas íngremes encostas, e rodeada de enormes penhascos, o mais conhecido no topo da vila o Sítio, com um grande miradouro, o Miradouro de Sunerco, com acesso por estrada ou pelo elevador que liga a baixa ao Sítio donde se pode apreciar uma paisagem deslumbrante.
O concelho teve foral em 1514. O município, a vila e a freguesia chamaram-se Pederneira até 1912. Consta que desde o séc. XII até ao séc. XIV, a Pederneira foi um porto de mar com um dos estaleiros mais activos do reino. Consta também que era aqui que os pescadores se abrigavam dos ataques dos piratas. Actualmente a Pederneira é um bairro da sede do concelho, mantendo o edifício dos antigos Paços do Concelho, a igreja Matriz de N.ª Sr.ª das Areias datada do séc. XVI, e a igreja da Misericórdia do séc. XVII e a Capela de N.ª Sr.ª dos Anjos do séc. XVI.
O actual nome da vila está ligado a lenda da Nazaré Não vou aqui contar a lenda, porque o post ficaria enorme, mas quem quiser conhecê-la poderá encontrá-la aqui
A Nazaré é um dos poucos locais onde ainda hoje se poderão encontrar no paredão junto à praia, pescadores com os seus trajes típicos, camisas de xadrez e calças pretas, e mulheres com as sete saias, a remendar redes, ou a secar peixe no areal.
Uma excelente praia, a “viver” na própria vila, paredes-meias com o casario dos pescadores, e à porta de excelentes restaurantes, onde pode saborear uma agradável Sopa de Peixe, a Caldeirada à Nazarena, os Carapaus Enjoados, ou Carapaus Secos, a Massa de Peixe, o Arroz de Peixe, o Arroz de Marisco, Sardinhas Assadas, a Espetada de Tamboril, Santola, Lagosta, Lavagante etc. Nos Doces têm fama os Tá-mares e os Nazarenos.
A merecer a nossa atenção, na zona da praia, a Capela de N.ª Sr.ª dos Aflitos. No Sítio, a grandeza do Largo da N.ª Sr.ª da Nazaré, o seu Santuário, o Museu Etnográfico e Arqueológico Dr. Joaquim Manso, o já citado Miradouro de Suberco, a Ermida da Memória, o Padrão da Vasco da Gama, o Forte de S. Miguel Arcanjo, datado do séc. XVII, onde hoje está instalado o Farol, equipado também com um sinal sonoro para os dias de nevoeiro.
E claro que merecem uma visita os monumentos da Pederneira que citei no inicio do texto. Em Famalicão, outra das freguesias da Nazaré, pode ainda visitar, o Templo Visigótico de S. Gião, séc. VII com características únicas na Península Ibérica, situada na Quinta de S. Guião em Famalicão, a Serra da Pescaria e as praias.
E já que estamos em Famalicão, não pudemos ir sem passar pela Quinta Nova, e comprar uma peça de mobiliário em vime que é o seu trabalho de artesanato. E por falar em artesanato, Nazaré tem para todos os gostos. A começar nos barcos, nas bóias, nas redes, nas lanternas, nas canastras de vime e nos trajes que se vestem em bonecos e bonecas, ou se podem comprar em tamanho natural, tal como os chapéus de borla, as chinelas ou os aventais de chita bordados á mão.

DÁ PARA VER QUE AS FOTOS FORAM TIRADAS NO INVERNO. AGORA IMAGINEM TODA ESSA BELEZA SOB O SOL DE VERÃO.
E PRONTO. BOA VIAGEM E BOAS FÉRIAS.
AH! ESQUECIA. DURANTE ESTE MÊS E O PRÓXIMO, ESTE BLOGUE NÃO POSTARÁ TRABALHOS DE ARTESANATO.
OBRIGADA PELA ATENÇÃO E BOAS FÉRIAS PARA QUEM VAI DE FÉRIAS

12 comentários:

gaivota disse...

oh minha querida, coisa lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
a nazaré, no seu melhor, contada e descrita com a maior verdade e respeito!
obrigada, bastante atarefada, atrazada aqui como resto de arrumações e limpezas, já que a minha filha e princesinhas estão a chegar amanhã...
mas muito triste pelo falecimento de uma amiga do coração, aqui, na nazaré, ainda nova (63 anos) com câncro na cabeça, o povo todo está de luto...
obrigada pelo poste e todo o carinho e respeito num beijo muito grande para si

São disse...

Nazaré, é linda....o pior é a frialdade da água!

Abraços.

Susana disse...

Olá Elvira! Antes de seguir viagem , não podia deixar de passar por aqui para te dizer que me deixaste surpreendida! Afnal tens origens de S. Pedro do Sul? Bela terra! É um local onde gosto de passear, de vez em quando, nas tardes de domingo com a família.
Em relação ao conto que escreveste, prometo ir com mais calma para ler.

Um bom fim de semana!
Em relação ao selo ( está um pouco atrasado...pedi a uma pessoa para fazer especialmente para ti...parece que só para a semana estará pronto.
Quando estiver, eu digo-te para pegar.

Bjs e bom fim de semana!

Cöllybry disse...

Olá querida, muito boa a sugestão, já não vou lá à bastante tempo,mas guardo boas recordações...

Fica bem, Terno beijo


ölhår_Îñðîscrëtö...Å ¢µ®¡ö§¡dädë

Multiolhares disse...

Parabéns pela tua descrição sobre a Nazaré e pelas fotos também ~em estão óptimas, vou confessar-te uma coisa, gosto mais da Nazaré no Inverno, onde a praia é só minha, gosto de meditar junto ao mar é de uma pás...
e não há barracas no areal, mas no Verão é diferente muita animação, muita vida
beijinhos

Paulo disse...

lind.íssimo este post.

que tanto me diz no tão pouco que sou

perante a imensidão desta beleza tanta

um bom fim de semana.

de coração para coração.

Dylan disse...

Conheço bem este destino e os outros descritos. Belas recordações...

Ana disse...

Olá miguinha Elvira!
Gosto muito da Nazaré, é uma das praias mais bonitas que conheço. Já passei férias em S. Martinho do Porto e ia muitas vezes à Nazaré. Quando era garota também cortumava ir com os meus tios que conheciam lá amigos que tinham estado em França com eles e lembro-me de comer em casa deles peixinho muito bom.
O meu primo que andava na pesca do bacalhau com habitantes da Nazaré costumava contar anedotas muito engraçadas, que eles contavam a bordo com o sotaque nazareno, passavamos serões a ouvi-lo:-)
E agora o porto de recreio veio embelezar ainda mais essa bela Praia.
Já lá tomei muitos banhinhos nessa praia:-)
Espero que as férias estejam a ser boas. Agora vou ausentar-me por um tempito do meu Blog, mas volto se tudo correr bem.
Desejo-te tudo de bom!
Um grande beijinho,
Ana Paula

rouxinol de Bernardim disse...

Nazaré vale a pena... se a alma não é pequena! a carteira pode sê-lo, que o custo de vida é baixo!...

jo ra tone disse...

Gostei do que li, em particular "Sopa de peixe e caldeiradas". Não fora eu peixivoro.
Essa espuma branca sobre os pés nessa praia deserta (imagem), enquanto se aproxima a hora do almoço...
Beijinho

as-nunes disse...

Viva amiga "elvira carvalho"

Essa zona é muito bonita e uma das mais típicas do nosso país.
Gostei sobremaneira da estadia que fiz no ano passado, com a Zaida e os nossos netos, Mafalda e Guilherme.
Estivémos num hotel na Pederneira. Esta localidade tem uma praça excepcionalmente bonita e histórica.
Sem dúvida que toda a zona da Nazaré está cheia de histórias e lendas.

Todas muito emocionantes e sedutoras.

Um beijo
António

Véu de Maya disse...

passo para lhe agradcer sua visita carinhosa ao meu blogue...voltarei com mais tempo para ler alguns posts...

Beijinho,

véu de maya.